A Farmácia Aliança remonta ao ano de 1909, sendo o seu director técnico o farmacêutico Frederico Abreu. O modelo de farmácia e a actividade farmacêutica da altura distancia-se do seu modelo actual. Na referida epoca apresentava-se como um espaço de pequenas dimensões, onde os medicamentos manipulados tinham grande expressão.

Decorridos alguns anos foi trespassada, passando a estar sob a direcção do ajudante técnico de farmácia Alfredo Magalhães Basto.
A estrutura da farmácia manteve-se até ao ano de 1984, a partir do qual passou para a direcção do actual proprietário, Dr. Carlos Brás Cunha. Cerca de dez anos mais tarde, sofre profundas alterações: com o aumento de área surgem novos espaços de trabalho. Passa a ser constituída por dois espaços individualizadas no mesmo edifício, pois devido a situar-se na zona histórica do Porto, não permitem alterações profundas nos imóveis – o espaço de bebé e ortopedia e a farmácia propriamente dita.

O crescimento da Farmácia Aliança foi acompanhando, de uma forma inovadora, a evolução do papel do farmacêutico na sociedade. Tem hoje, uma área dedicada à dermocosmética com gabinete individualizado onde se realizam tratamentos de corpo e rosto, uma zona reservada de atendimento personalizado, uma área de atendimento ao público, um laboratório e um espaço dedicada à ortopedia e puericultura.